Mon coeur mis à nu


Heart Categories
February 20, 2008, 22:14
Filed under: Uncategorized

O cinismo das morsas e a aleatoriedade dos urubus me envolvem em filó e cascas de laranja. O calor da piscina psicodélica enlouquece as crianças que gritam como terneiros. A torneira jorra leite com nescau. A mocinha existe apesar dos anos nos andes caçando borboletas. Quando chegar em casa não posso esquecer de deixar o gás ligado enquanto como uma maçã. Trabalho como um cachorro e nado como um sapo.


Leave a Comment so far
Leave a comment



Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s



%d bloggers like this: